domingo, 5 de setembro de 2010

Origem da palavra: Obrigado!

Há um tempo me surgiu uma dúvida em meio tantas outras, essa se relaciona ao nosso linguajar, à língua portuguesa, usada diariamente, daonde vem o OBRIGADO!


Usamos isso com tanta frequencia no nosso dia-a-dia, que me senti obrigada a procurar.. E a dúvida veio exatamente daí de ser Obrigada (Forçada) em comparação ao Obrigada (Grata)...

achei uma explicação breve e interessante no google, logo aí vai:

A origem da palavra obrigado como forma de agradecimento vem do latim obligatus, particípio do verbo obligare, ligar, amarrar. É a forma abreviada da expressão fico-lhe obrigado, ou seja, fico-lhe ligado pelo favor que me fez. Quando nos tornamos devedores de outrem por serviço que nos foi prestado, criamos um elo de ligação, mesmo que momentâneo, e devemos agradecer. Questão de educação e civilização, para que, como dizia Nelson Rodrigues, não voltemos a urrar no bosque...



FONTE: http://ucel.eln.gov.br/portal/mostra_artigo.php?idArtigo=59



quase claro.

11 comentários:

  1. Realmente tive essa preocupação esse dias e achei esse link... e descobri também que se deve usar agradecida se não quer ficar "obrigada " a retribuir o favor....

    ResponderExcluir
  2. Pode-se usar obrigado em qualquer situação, todo brasileiro entende o que se quer dizer, então está correto.

    ResponderExcluir
  3. entendo que dizer obrigada é só uma forma de ser educada.

    ResponderExcluir
  4. O correto, do ponto de vista da origem da palavra seria "Agradecido", porque não estamos obrigados, mas reconhecemos o favor. Mas o uso derruba esta formalidade. Não é errado ou mal uso dizer "Obrigado". Para saber de onde veio, "conta-se" que os escravos, quando recebiam uma bondade do seu senhor, ficava tão espantado e feliz que se sentia "obrigado" em devolver de alguma forma. Claro, só tomava pancada, o coitado. Como o Brasil tem muito mais descendentes de escravos que de "Europeus", expandiu-se o uso. Como citei acima, isto não é história, mas sim "estória".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No latim antigo "obligare" já havia esse sentido. É anterior à escravidão no Brasil.

      Excluir
  5. Essa palavra OBRIGADO, quando usada em forma de agradecimento, sutilmente nos induz a dizer assim pra alguém: "VOCÊ TEVE A OBRIGAÇÃO DE FAZER ISSO OU AQUILO POR MIM". Estou revendo essa minha forma de comunicação com as pessoas e até mesmo nas minhas orações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também pensei isso, como se fosse alguma herança das estruturas escravistas do Brasil colonial. Mas pelo jeito, a etimologia da expressão é mais suave.

      Excluir
    2. Maluco voce nao entendeu. Obrigado se refere a pessoa que fala nao a que fez o favor. A frase completa seria “fico-lhe obrigado.

      Excluir
  6. Esclarecedor.

    Agora falta a continuação: porque depois de "obrigado" a outra pessoa responde "de nada", e depois do "de nada" a pessoa que falou "obrigado" fala "não tem de quê"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pq a frase completa é "fico-lhe obrigado"
      se eu digo que estou me sentindo obrigado a te retribuir o favor. voce diz "de nada", "por nada" ou "não tem de quê" pra falar que o que vc fez nao precisa ser retribuido pela a outra pessoa

      Excluir
  7. A palavra Obrigação exclui a opção Escolha. Posso ser grato com vínculo profundo sem nenhuma Obrigação, mas com a Escolha da oferta generosa da retribuição.

    A tradução da palavra Obrigado (forçado, amarrado) gera o Dever de agradecer... tudo isso é oposto de Escolha.

    Por isso usamos a palavra GRATIDÃO como agradecimento, a despeito da retórica do Prof. António Nóvoa que diz que a Obrigação gera vínculo profundo.

    Segundo a PNL, onde a palavra tem a força do seu significado, cada vez que você se vê obrigado a fazer algo e não faz, isso gera uma sequência de âncoras negativas que vão interferir na sua tomada de decisão, em níveis subliminares. Principalmente porque falamos obrigado para pessoas que não temos a menor vontade e, às vezes, possibilidade de retribuir.

    Dizer Gratidão, Grato ou Agradecido, finaliza o processo de forma coerente e ecológica.

    ResponderExcluir